Ansiedade, Artigos, Síndrome do Pânico

Síndrome do pânico prejudica severamente a rotina do paciente

Mesmo que o indivíduo que possua síndrome do pânico expresse episódios de forma esporádica, essas crises acabam por prejudicar severamente a rotina do paciente. Isso porque, a imprevisibilidade das manifestações mantém a pessoa em constante estado de alerta e insegurança.

Na síndrome do pânico, as crises são curtas, mas muito intensas, ou seja, num período de apenas 30 segundos, o paciente sente-se invadido por fortes sensações relacionadas ao pânico e à insegurança. Não raro, muitos pacientes nessas condições e que não buscam ajuda profissional, desenvolvem alcoolismo como forma de evitar os sintomas da síndrome.


Leia mais sobre tratamento de Síndrome do Pânico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.